13/02/2017

Crime virtual, prejuízo real


Essa postagem foi feita somente para relatar um crime virtual, já que nem todo crime cometido via internet pode ser relatado em boletim de ocorrência.

Sempre faço compras via internet e sempre faço de tudo para manter meus equipamentos seguros. Mas pelo visto mesmo fazendo de “tudo”, ainda é possível ser vítima de criminosos.

Faço muitas compras no site da Livraria Saraiva, no qual mantenho meus dados atualizados, inclusive dados do cartão de crédito. Acredito que os dados de acesso ao site (usuário e senha) tenham sidos surrupiados de dentro da Saraiva, já que foi a única compra feita de forma fraudada. As únicas coisas que o criminoso fez foram: entrar na conta, alterar o endereço de entrega e fazer a compra, pois o resto já estava lá, informado.

Recebi um e-mail no dia 12/02/17 (domingo, aproximadamente às 19hs), mas só o vi no dia 13 (segunda, aproximadamente às 5:30hs). O e-mail era a confirmação de um pedido feito via site. A princípio achei que fosse algum tipo de vírus, para eu clicar e me ferrar, mas por curiosidade fui verificar e vi que o pedido foi realmente feito, conforme abaixo:


O meliante comprou um celular, em 6x sem juros


Rapidamente cancelei-o, alterei minha senha de acesso e excluí os dados do meu cartão de crédito. Assim que a loja virtual iniciou o atendimento on-line, relatei o ocorrido.

O pedido seria entregue no seguinte endereço: Av Fulfaro, 529 – Vila Clara, São Paulo/SP – CEP 04414-200, e davam como ponto de referência o “colégio faggin”, que pesquisando na via Google descobri que é a Escola Estadual de 1º Grau Dr. João Ernesto Faggin. Abaixo segue o endereço que foi informado:




E como temos hoje muito acesso à informação, fui pesquisar a casa do tal endereço e é esta, com portão azul, que segue abaixo:



Não sei se essa postagem pode ajudar alguém que passou por caso semelhante, mas acho importante relatarmos os casos e os dados dos infratores, mesmo que não seja em um BO.

2 comentários:

Ísis Freitas disse...

Olá André! Hoje aconteceu o mesmo comigo! Recebi um e-mail de compra não autorizada do site Netshoes. Entrei na minha conta do site e realmente acusa essa compra com entrega neste mesmo endereço: Av Fulfaro, 529 - Casa 02 - Vila Clara - SP - CEP 04414-200. Inclusive alteraram meu endereço e meu celular! O número que colocaram foi 11 97011-5137. Desconheço essa compra e todos esses dados!

Mandei e-mail para a Netshoes e alterei meus dados de acesso. Não consigo identificar em qual cartão foi feita a tentativa de compra... Não há opção de fraude para registros de BO online. O que mais vc me recomendaria fazer? Como podemos denunciar isso, meu amigo? Com certeza não somos as primeiras vítimas desse mesmo indivíduo!

Obrigada!

André Braga disse...

Bom dia Ísis.

Infelizmente não há como relatar isso junto às autoridades, já que para os ditos "crimes virtuais" a legislação é bem precária.

Procurei em algumas páginas o que fazer e encontrei uma orientação de um advogado: ele orientava a juntar as "provas" e registar isso em cartório... O que, na minha opinião, não ajuda muito e nem resolve nada.

O que fiz, além do post, foi relatar a empresa, que me deu aquela resposta bem vaga.
Depois disso, apaguei os dados do meu cartão de crédito desse site e de outros que eu também faço compras com certa regularidade.

O melhor a fazer é apagar os dados do seu cartão dos sites que você faz compras.

Infelizmente ainda temos uma legislação atrasada para "crimes virtuais".